O Shopping e a Torre de Babel

por Furoa

Shoppings são torres de babel. Já parou para prestar atenção neles? Sempre que vejo um fico triste. Aqueles estacionamentos enormes, cheios de asfalto e de carros. Um horror! Eles mostram o desejo da humanidade de ser divina, de dominar tudo. Penso sempre nas árvores, nos animais e, quem sabe, nos riachos que ocupavam aquele lugar. Que pena trocar a vida da natureza pela morte da industrialização.

Faço uma proposta à humanidade: abandone seu desejo de ser grande, abandone o progresso e a construção. Você só será realmente grande quando deixar sua pretensão de ser divina e se rebaixar, como fez Deus, à figura de um menino.

Tenho certeza que o super humano — o übermensch — de Nietzsche não construiria prédios nem asfaltaria ruas. O übermensch é um demolidor da civilização e vive além de seus valores autodestrutivos.

Bem disse Leonardo Boff: “todo menino quer ser homem, todo homem quer ser rei, todo rei quer ser Deus; só Deus quis ser menino”.

Anúncios